Origem do nosso café

 

O café Cidade do Sul é produzido na Fazenda Santa Lúcia localizada na cidade de Monte Sião, Sul de Minas Gerais (próximo ás cidades de Águas de Lindóia e Serra Negra), possui mais de duas décadas de tradição na arte de cultivar café de altíssima qualidade, especializando-se na produção de grãos para o preparo de um delicioso café expresso gourmet.

 

Para alcançar seu sabor suave e seu aroma único, a Fazenda Santa Lúcia estudou e elaborou dois tipos de torra (torra clara e torra média (215° á 220° e 225°, conforme tabela Agtron/SCAA 55(225°) 65 (215 A 225°).

 

O café da fazenda Santa Lúcia é considerado gourmet por conta de seus grãos selecionadíssimos e seu blend puro. Com mais de um milhão pés da espécie Coffea Arábica de linhagem Mundo Novo, Acaia,Catuia,Icatu e Bourbon.

 

A colheita, embora aconteça anualmente, é considerada bianual porque intercala uma safra “gorda” em um ano e com uma safra “magra” no ano seguinte. Após a colheita, há um processo de lavagem e classificação, que separa os grãos maduros dos verdes e secos. Depois de retirado o excesso de água, os grãos passam por um processo de secagem feita ao sol, em estufas suspensas para evitar o contato com o solo. Após a secagem, que dura em média sete dias, os grãos são armazenados em tulhas de madeira durante aproximadamente seis meses, para maturar e realçar o sabor.

 

O café passa, grão por grão, em duas máquinas no processo de beneficiamento. A primeira descasca a fruta e classifica a peneira pelo tamanho do grão (a fazenda Santa Luciatrabalha apenas com peneira de classificação 16 acima, com frutos de tamanho grandes). A segunda é uma maquina eletrônica com sensores, que detectam micro defeitos e separam os frutos imperfeitos.

Depois do beneficiamento o café passa por um processo de torra, acompanhado de perto por um especialista.

A torra é um processo que requer grande atenção, uma vez que a temperatura do torrador varia conforme a umidade e o clima.

Manejo do cafezal

A colheita

 

A colheita do café Cidade do Sul é feita de forma manual e seletiva. Somente os grãos maduros são colhidos.

 

Lavagem

 

Após a colheita o café é levado para o lavador onde além da limpeza é novamente classificado separando os grãos maduros dos grãos verdes e secos.

 

Secagem

 

A primeira etapa da secagem é feita com um equipamento que retira o excesso de água enxugando os grãos. A segunda etapa é levar os grãos para as estufas suspensas para evitar o contato com o solo, sendo feita ao sol sua secagem definitiva.

Armazenamento

 

O armazenamento é feito em tulhas de madeira, o que assegura com que o café mantenha suas características, acentuando com o passar do tempo suas qualidades.

Torragem

 

A torra é feita de acordo com a safra e a variedade do grão, mantendo sempre a qualidade da bebida conservando o sabor original de um café verdadeiramente rastreado.

Estes procedimentos preservam as características originais conservando assim o delicioso sabor do Café.